Poros dilatados: o que são e porquê ocorrem

Uma das principais queixas de quem possui pele oleosa. E diferente do que muitos imaginam, a dilatação dos poros não está relacionada com fatores genéticos.

Foto: IULIIA DIAKOVA/SHUTTERSTOCK

Eles estão lá, todo mundo tem. Em algumas pessoas, são discretos, já em outras, são gritantes e nem sempre a nossa amiga maquiagem consegue nos auxiliar na hora de tentar disfarçá-los e escondê-los. Só na zona T do nosso rosto são cerca de 300 mil furinhos, que são os nossos poros.

Dentro dos consultórios e clínicas dermatológicas eles são uma das maiores queixas de quem possui a pele oleosa, mas não se engane, eles não aparecem só em quem possui a pele oleosa. Vem cá que eu vou te explicar melhor o que eles são, quais são as suas principais causas, quem você deve recorrer e o que pode ser feito para amenizar a sua aparência em uma série de duas matérias para você possa entender melhor.

Poros

É muito importante frisar que, todo mundo tem e eles estão espalhados por todo o nosso corpo, mas algumas pessoas possuem mais tendência do que outras. Partindo do princípio, os poros nada mais são do que pequenos orifícios na nossa pele, e eles são responsáveis pela eliminação de líquidos, como o suor e o sebo. E como comentado anteriormente, algumas pessoas possuem uma predisposição, mas nesse caso, está relacionada a oleosidade da pele, sendo mais recorrente em quem possui esse tipo de pele. Entretanto, podem aparecer em peles normais e se tornam mais evidentes conforme ocorre o envelhecimento cutâneo.

Como ocorre essa super dilatação?

Acontece quando excesso de óleo e células mortas se depositam ao redor dos nossos poros, e isso faz com que a nossa pele fique inchada, e assim, fazendo com que eles fiquem mais dilatados e evidentes. Outros fatores além do genético pode influenciar nessa super dilatação, como alimentação rica em gorduras, o uso de cosméticos inadequados para o seu tipo de pele, má hidratação e até banhos quentes demais.

Gostou? Compartilhe com suas amigas e fique atenta que amanhã vamos falar sobre, quem você deve recorrer para obter ajuda e o que pode ser feito para amenizar a aparência dos poros dilatados.

Fontes: