Verdades e Mitos Sobre o Tratamento de Pele Caseiro

Quando se trata de saúde, muitas pessoas costumam ser muito céticas em relação a muitas coisas que são feitas em casa, por você mesmo, e com ingredientes ou medicamentos naturais, o preconceito em relação a alternativas caseiras se estende a diversos ramos da medicina, geralmente sendo benéfico, impedindo que pessoas cometam o erro de consumir qualquer medicamento sem consulta prévia ou recorrer apenas ao tratamento alternativo ao invés do recomendável no tratamento de doenças graves. Contudo, existem situações em que se pode sim recorrer aos meios mais naturebas, tanto sendo um auxílio ao tratamento, como sendo o próprio tratamento. Um dos principais exemplos desse fenômeno é o para a estética.

A verdade é: Ao contrário do que muitos pensam, nem sempre é preciso gastar rios de dinheiro com cremes e tratamentos estéticos. Acredite, é possível investir nos cuidados pessoais gastando pouco, as combinações de alguns ingredientes caseiros podem “dar um up” na beleza das unhas, do cabelo e sobretudo da pele. Só é preciso ter cuidado com as dicas que circulam por aí, já que muitas dessas receitinhas podem não fazer o efeito desejado ou até conter ativos capazes de prejudicar o organismo, por isso: listamos aqui alguns mitos e verdades sobre o tratamento de pele caseiro.

Rodelas de Pepino Sobre os Olhos

Começamos a lista com um clássico, e não tem erro com clássicos, certo? Nesse caso, sim; o pepino é riquíssimo em vitamina E, que, entre outras coisas, tem um papel notável na hidratação da pele, aumentando seu frescor e maciez, ainda mais ao se considerar a região dos olhos, onde ela também desempenha a função de reduzir as marcas de olheiras do trabalho, estresse e cansaço, sendo esse o motivo pelas rodelas de pepino nos olhos serem associadas a rostos de pessoas descansadas.

Fubá e Mel

Por algum motivo, talvez por ser facilmente encontrado em mercados locais mesmo em regiões mais afastadas, espalhou-se a crença de que fubá e mel misturados ajudam a clarear as axilas e virilhas, mas pode acreditar que esse motivo não é sua eficácia, porque não tem esse efeito, apesar de o mel ser sim eficiente contra bactérias e para revitalizar pele.

Açúcar e Sabão Neutro

É verdade, o uso desses ingredientes para esfoliar a pele é eficaz, o açúcar tem grãos bastante abrasivos e o sabão neutro ajuda a emulsificar parte da oleosidade e remover as bactérias sem aumentar a sensibilidade da pele, além disso, possuem ativos capazes de estimular a renovação celular da pele.

Argila

Na verdade, é uma mistura de diferentes tipos de argila, chamada de bentonita, geralmente composta por grãos muito finos, seus sais minerais possuem propriedades desintoxicantes, que ajudam a ter uma pele mais clara, macia e renovada. Além disso, um estudo de 2014 da Universidade de Shiraz, no Irã, aponta que a bentonita também tem a capacidade de reduzir os efeitos da irradiação solar, sendo especialmente eficiente contra os raios UVB.

Fermento

Até esse período do ano passado, uma série de youtubers afirmaram que a aplicação de fermento (o mesmo usado para pães e bolos), misturado com água quente, ovo, café ou limão, teria a capacidade de clarear a pele e combater rugas, prometendo “pele de porcelana” sem embasamento nenhum. A Dr. Daniela Antelo, professora de dermatologia da Uerj comenta: ” o fermento é um produto biológico, composto por leveduras (fungos). Na pele, pode ter no máximo ação esfoliante suave, mas nem de longe irá remover manchas ou combater rugas”. Além disso o limão, quando exposto ao sol, pode levar a queimaduras na pele.

Máscaras faciais caseiras

Por fim, vamos falar sobre máscaras: “Ah, que chique usar uma máscara, parece até que viramos aquelas personagens em filmes hollywoodianos!!”, então, não é bem assim que funciona. Segundo Ingrid Peres, gerente científica da Onodera Estética e fisioterapeuta dermatofuncional: “Dicas de máscaras caseiras são interessantes, mas não excluem o acompanhamento médico especializado para identificar exatamente a necessidade específica de cada corpo. Por exemplo, na pele oleosa não se pode fazer máscaras de abacate com óleo de amêndoas com frequência, pois isso pode agravar a oleosidade”, explica.

Como o que pode fazer bem para uma pessoa pode ser prejudicial para outra, antes de iniciar qualquer tratamento estético, dieta ou dica de beleza, é necessário consultar um profissional que poderá indicar o melhor tratamento para o seu perfil, e isso não é um mito.